Blog Biobase

Dicas, notícias, curiosidades, sugestões e muito mais.

No quarto dia do nosso especial de alimentos nocivos para os nossos gatos, ficar atento ao leite é a dica de hoje.

Motivo: Muita gente não sabe, mas os gatos filhotes de até 45 dias, toleram bem o leite de vaca. Mas, depois disso, o leite pode ser bem prejudicial, por conta da enzima lactase, que digere a lactose do leite, se tornando inativa, o que pode gerar diarreia e vomito. E por ser rico em cálcio, o leite pode contribuir para a formação de pedras nos rins.

Fique ligado ao dar leite ao seu gatinho.

Na sequência do nosso especial de alimentos perigosos para os nossos felinos, escapar do pão é a dica de hoje.

Motivo: Diferente dos humanos, os gatos não precisam do carboidrato que nos da energia. Eles conseguem por outro processo, chamado de neoglicogenese, que consiste na formação de aminoácidos a partir da quebra de moléculas de proteína.

Fique ligado, ao oferecer pão ao seu gato, pode deixa-lo acima do peso e nada saudável.
Tags: , ,

No segundo dia do nosso especial de alimentos em que devemos evitar para os nossos gatos, fugir dos ossos é a dica de hoje.

Motivo: Ao roer ossos, os gatos podem sofrer lesões nas mucosas do trato gastrintestinal, inclusive perfurações. Eles concentram sais minerais, como o cálcio na urina e os gatos bebem pouca água, o que pode gerar problemas urinários.

Fique ligado, os ossos são muito perigosos para os gatos.

Agora é a vez dos nossos gatos! O especial com alimentos em que nossos felinos não podem comer de jeito nenhum!

Primeiro alimento que devemos evitar é a ração de cachorro!

Motivo: Talvez seja o erro mais comum entre os donos de cães e gatos. Mas, o que precisamos saber é que eles têm necessidades nutricionais diferentes, os gatos precisam de mais proteínas que os cachorros, diferente deles, os gatos não conseguem converter vários percursores alimentares em aminoácidos e vitaminas.

Fique ligado, apesar da ração de cachorro não ser toxica para os felinos, se forem alimentos por muito tempo com elas, poderão desenvolver deficiências nutricionais que pode gerar problemas de saúde.

Para encerrar nosso especial, o alimento que não devemos dar para nossos cães é a uva!

Motivo: Mesmo os veterinários não sabendo qual substância é tóxica para os cachorros, as uvas tanto frescas quanto as secas, podem causar insuficiência renal irreversível, como vômito, diarreia e desidratação. Isso porque elas bloqueiam o filtro de toxina do corpo deles.

Fique ligado, apenas sete uvas podem causar graves problemas.

Para começar a semana, em nosso terceiro dia de dicas de alimentos perigosos para o nosso melhor amigo. O alimento que seu cãozinho tem que fugir são os ossos de galinha e de porco!

Motivo: Ao serem mastigados, eles podem soltar lascas e perfurar o intestino. Essas perfurações podem levar a infecções generalizadas.

Fique ligado, os ossos grandes são melhores para seu cão roer ao invés de engolir de uma só vez.

Seguindo nosso especial, hoje o alimento que pode fazer mal para o seu cãozinho, é a cebola!

Motivo: Ela possui uma substância química que eles são incapazes de digerir. O Tiossulfato, essa substância penetra na corrente sanguínea, liberando a hemoglobina que
provoca destruição dos glóbulos vermelhos , podendo causar anemia, gastroenterite e retardia.

Fique ligado ao dar sobras de comida para seu cãozinho!

Fiquem ligados, que estaremos postando cinco alimentos que podem fazer mal para o seu cãozinho, o primeiro é o Chocolate!

Motivo: O cacau possui uma substancia que os cachorros são incapazes de digerir, pequenas doses podem causar vômitos e diarreias, em casos mais sérios, até a morte. Quanto mais escuro o chocolate, maior a concentração de teobromina, consequentemente maior o perigo.

Fique ligado e não deixe seu cão comer chocolate!


Esses animais são conhecidos por sua habilidade em pular, afinal, eles sempre caem em pé e se safam de problemas maiores por conta disso. No entanto, o que muita gente não sabe é que eles podem saltar nada mais nada menos do que 5 vezes de sua altura.

Ter um pet é muito mais do que ter apenas um amigo, sabia que a companhia deles elevam nossa auto-estima, diminuem o stress, estimula a prática de exercícios físicos, baixa o nível de ansiedade, dentre outros benefícios.

Aqui vão algumas respostas àquelas dúvidas que você sempre teve sobre seu bicho e ainda não tinha encontrado boas explicações:


1. Por que o cão levanta a perna para fazer xixi?
Cães e gatos marcam o território com urina. Totós levantam a perna para fazer xixi mais alto e, assim, demarcar um espaço maior.

2. Cães latem quando ouvem latidos. Por quê?
É uma forma de comunicação do bando. Se seu cachorro ouvir o vizinho latindo, vai querer “responder”.


01. Um cachorro adulto tem 42 dentes
    02. O olfato canino é 1 milhão de vezes melhor do que o dos humanos
    03. Castrar seu cachorro pode ajudar a prevenir alguns tipos de câncer
    04. Se não for castrada, uma cachorra pode ter 66 filhotes em 6 anos
    05. A audição canina é 10 vezes melhor do que a dos humanos
    06. Em média, um cachorro pode correr 30 km/h
    07. Os cães são mencionados 14 vezes na Bíblia
    08. O nariz de cada cachorro é único, assim como nossa impressão digital
    09. A temperatura canina gira em torno de 38ºC
    10. As únicas glândulas sudoríparas que os cachorros têm estão entre seus dedos das patas
    11. Os cães são onívoros, eles precisam comer mais do que apenas carne
    12. Comparado com os humanos, os cachorros têm o dobro de músculos na orelha
    13. Os cachorros serão submissos a qualquer um que  se mostrar superior
    14. As pessoas têm cães como bichos de estimação há 12 mil anos
    15. As cachorras carregam seus bebês na barriga por 60 dias antes deles nasceram
    16. É um mito dizer que os cachorros não enxergam cores, eles podem ver cores, mas em tonalidades diferentes do que vemos.
    17. Obesidade é o problema de saúde mais comum nos cachorros
    18. 70% das pessoas assinam o nome de seus animais de estimação nos cartões de natal

Fonte: Dogtime

Escovar os dentes, não é coisa apenas de seres humanos, os nossos pets também precisa ter esse cuidado, para evitar problemas de saúde. Além, de manter a higiene bucal, deixa o seu pet com um hálito agradável e refrescante.

Imagine o seu bichinho de estimação com mau hálito? Com certeza, algo está errado. Existe uma doença bucal em pets chamada de periodontal, ela causa placa bacteriana, quando acumulada, inflama a gengiva e ainda deixa o seu melhor amigo com bafo de carniça.


Facebook